PicBook Projeto: Livro Novo! | Mãegnífica
Picbook

PicBook Project: Livro Novo!

9 de janeiro de 2016
pbprojetclivronovo

Começa agora o projeto PicBook com o tema de Janeiro propondo o livro mais recente da minha estante.
Apesar de a gente ter praticamente todo o tempo do mundo pra organizar as fotos – já que os temas estão previamente definidos – eu tive uma dificuldade bizarra para montar um ambiente legal, por isso já peço desculpas pela falta de criatividade a seguir mas torço para melhorar nos próximos meses.

Para Janeiro escolhi o box que ganhei da minha amiga Kacia, que teve a genialidade de me presentear com livros que irão me direcionar de alguma forma na criação do Luquinha. Aém de serem os últimos livros que ganhei também merecem um destaque pelo tema proposto (fica a dica para as mamães).

Guia definitivo da mãe cristã é uma coleção de quatro volumes escrito por Erin MacPherson e lançado pela editora Thomas Nelson Brasil. Erin é uma blogueira e ex-redatora do canal infantil Nickelodeon e decidiu dar continuidade às suas conversas “de amiga para amiga” sobre gestação até o início da fase escolar de um filho.
Esse box não poderia ter vindo em uma hora tão agradável, já que posso começar a leitura pelo segundo volume que aborda “Tudo o que Você Precisa Saber Sobre o Primeiro Ano do Bebê”.
Não que eu vá deixar de lado o primeiro volume, mas como já passei essa fase prefiro dar prioridade às próximas fases que terei que encarar.

O primeiro volume, Tudo o que Você Precisa Saber Sobre Gravidez tem 336 páginas dividas em 16 capítulos. Aqui a gente vai tirar boas lições de como lidar com o enjoo matinal, as mudanças que acontecem no primeiro, segundo e terceiro trimestre da gravidez, oito maneiras (fáceis) e baratas de fazer exercícios, como escolher o nome perfeito e o que (e o que não) comprar para o bebê. O livro não é destinado apenas para o público feminino, há também um capítulo voltado especialmente para o que os papais devem saber sobre a chegada de seu herdeiro.
(OBS: Aqueles papais que realmente estão interessados e prontos a assumirem esse papel tão importante. Os papais “bunda-mole” sintam-se excluídos.)

Tudo o que Você Precisa Saber Sobre o Primeiro Ano do Bebê é o segundo volume da coleção e tem 272 páginas. Nesta obra, Erin vai ajudar as leitoras a entrarem no clima de mãe de primeira viagem, como relaxar após o nascimento da criança, cuidados essenciais nas partes íntimas após o parto normal, a recuperação da cesárea, amamentação e também como fazer o bebê dormir (ráh, essa eu quero ver!). Com o passar do tempo, os pais vão perceber as mudanças no bebê. Aqueles sorrisos sonhadores foram substituídos por rosna­das. E aquela doce melodia do “ba-ba-la-la” depois soa como algo semelhante a “Não! Meu! Não! Não!”. E aqueles momentos de aconchego e de sono profundo são diminuídos e ficam cada vez mais esparsos.

Já o terceiro livro, Tudo o que Você Precisa Saber Sobre a Idade das Descobertas, vai auxiliar as mães a disciplinar seu filho nos primeiros anos de vida com dicas sobre como resolver os chiliques dele. O que fazer quando ele acha que uma dieta equilibrada consiste em batata frita e chocolate. E como ir ao mercado quando o filho joga no chão os brinquedos que estão com ele no car­rinho de compras? Há também um guia para o início do maternal, dez regras para ajudar a encontrar o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal e também um capítulo sobre como retomar o namoro com o marido depois de o filho ter nascido.
Esse eu estou muito curiosa porque eu sei que vou ter muitas dificuldades em educar o Lucca. Com um aninho ele já pinta e borda por aqui e às vezes eu não sei o que fazer. Sabe esse negócio de dar chilique se jogando no chão em lugares públicos? Já consigo imaginar o Lucca fazendo isso porque ultimamente ele tá seguindo nesse rumo. É muito fácil você palpitar na educação de uma criança quando ela não é sua, eu mesma já fiz isso tantas e tantas vezes mas quando o negócio suja pro seu lado, aí são outros quinhentos. Por isso, nunca se meta no jeito de uma mãe educar o filho porque você não sabe o perrengue que é fazer tudo isso, ainda mais se for sozinha.

Tudo o que Você Precisa Saber Sobre Seu Filho na Escola – quarto e último volume – ajuda as mães a prepararem a criança para o cenário social do colégio. Deve ser um alívio mas um pouco triste ao mesmo tempo. Alívio porque seu filho está interagindo com outras crianças, aprendendo e ensinando. Triste porque a gente percebe que ele não é mais um bebê que só quer o chamego da mamãe.

Fonte de informações: iGospel

Estou bem animada para começar as leituras e curiosa para que estas não sejam dicas clichês e fora da minha realidade. Apesar de termos a Bíblia como principal e melhor referência para tudo nesta vida, estes livros podem me aproximar de situações e experiências semelhantes às minhas e me deixar um pouco mais calma no quesito ser mãe.

Conheça os blogs (lindos) participantes:




Alguém já leu estes livros? Recomendam? Com certeza vamos ter resenhas à medida que as leituras forem concluídas. Toda ajuda, dica e troca de informações é válida, né?
Beijos!

Picbook: as melhores fotos de Janeiro
PicBook Project: um projeto de fotos e livros!

Você também pode gostar de

12 Comentários

  • Responder Glaucia Matos 14 de fevereiro de 2016 at 17:50

    Olá! Apesar de eu ainda não ter filhos, fica uma boa dica para o futuro, em relação a esses livros e tema. Suas fotos ficaram lindas!

    ~Glaucia
    http://www.leitorait.com

    • Jeh Asato
      Responder Jeh Asato 15 de fevereiro de 2016 at 23:27

      Com certeza a leitura precisa estar inserida na rotina das crianças, Glaucia! Apesar de tudo eu confesso que não é uma tarefa tão fácil. Por mais que a gente apresente esse mundo de forma dinâmica e sem pressão, tudo depende da criança!
      Obrigada pelo elogio!
      <3

  • Responder Thais Teixeira 10 de fevereiro de 2016 at 09:55

    Jeh do céu, você tem um unicórnio fofinhooooooooooooooooo (me imagine gritando histérica igual no filme) hahahah
    Amei suas fotos Jeh, e quero essa caneca da Imaginário, me dá? kkkkkkkk

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    • Jeh Asato
      Responder Jeh Asato 11 de fevereiro de 2016 at 17:00

      Menina do céu, quando vi esse unicórnio fofinho (hahaha) no aliexpress eu pensei “caramba, eu preciso desse unicórnio”! Ainda bem que consegui comprar, já tem um tempo! O Lucca de vez em quando morde o chifre do coitado, hahaha!
      Acredita que minha caneca da Imaginarium veio com a escrita falha?? Poxa, só fui reparar depois que cheguei em casa (e era a última da loja)! Eu quero uma coleção de copos da Imaginarium, sou apaixonada por todos!!!
      <3

  • Responder Juliana 19 de janeiro de 2016 at 15:47

    Nossa, que presente incrível!! Eu que não sou mãe ainda amei, fiquei babando pelas descrições dos livros. Super completo, um guia que todos os pais deveriam ler e ter para futuras consultas, né? Tenho certeza que vão te ajudar muito e complementar o bom trabalho que já faz :)

    Beijos!!

    • Jeh Asato
      Responder Jeh Asato 22 de janeiro de 2016 at 01:32

      Ahh Juh eu me apaixonei e sou super a favor de livros que unem essas dicas com a “religião” das mamães (crenças, talvez?).
      Ainda não comecei as leituras mas acho que vou iniciar desde o primeiro livro, das gestantes. Mesmo que eu tenha pulado essa fase posso ajudar de alguma maneira outras mulheres, né? E informação nunca é demais, ainda mais quando é boa!!
      Beijos!

  • Responder Lívia 11 de janeiro de 2016 at 15:15

    Seu blog ficou tão lindo! Você tem um olhar incrível.
    Eu acho o mundo da maternidade muito bonito, vendo de fora é claro. Eu não almejo uma gravidez tão cedo, mas eu com certeza seria a moça dos mil livros de orientação sobre o assunto. hahaha

    Uma semana cheia de luz e energias boas pra você e pro Luquinha.
    Beijo! <3

    • Jeh Asato
      Responder Jeh Asato 22 de janeiro de 2016 at 01:35

      Ahhh Lívia, muito obrigada! Como não ficar feliz com um elogio desses?!?! Muito obrigada mesmo! \o/
      Menina, eu confesso que vendo de fora eu achava a coisa mais linda e cheguei a querer ser mãe em algum momento da minha vida. Mas era porque eu via de fora, sabe? Visitava meu sobrinho, brincava meia hora com ele e depois o deixava com a mãe pra que ela se virasse com o restante! Só que esse restante, olha, não imaginei que poderia ser tão louco! Huahauhauh.
      O que eu recomendo hoje para todas as mulheres é que aproveite a vida até dizer chega: viaje, trabalhe muito, curta os amigos, a fossa, as noites de insônia e até as de muito sono. Ou seja, viva mesmo! Quando já não tiver mais o que conquistar ou desejar, aí sim pense em ter filhos. Pode parecer conselho ruim da minha parte mas, acredite em mim, não é!
      =D
      Obrigada pelo carinho, uma semana abençoada pra você! <3

  • Responder Stephanie Ferreira 11 de janeiro de 2016 at 09:28

    Que livros mais lindos!!!
    Certeza que apesar das dificuldade que encontrar no caminho, você sempre vai conseguir educar o Lucca para ser uma pessoa do bem. Que Deus continue abençoando sua família Jeh!

    Beijão

    • Jeh Asato
      Responder Jeh Asato 22 de janeiro de 2016 at 01:37

      Ahh muito bom, né? Acho lindo quando as pessoas se lembram de mim dessa forma tão carinhosa. Mas ela não é qualquer pessoa, é uma amiga muito especial que conheci aqui, pelo blog, acredita?!
      Menina, morro de medo de tantas coisas e uma delas que surgiu recentemente na lista é não dar conta do recado, sabe? Porque olha, criança faz birra, criança estressa a gente, faz a gente perder a paciência e, às vezes, reagimos de forma que pode ser errado lá na frente. É difícil viu, nunca imaginei que fosse tanto.
      Que Deus me ajude, e muito!
      Obrigada pelas palavras, Steph! <3

  • Responder Jéssica 9 de janeiro de 2016 at 22:42

    Como assim a senhora já mudou o layout? haha
    Menina que projeto bacana *o*
    e esses livros são mega fofos e ajudam na criação cristã do bebê né? coisa linda <3

    • Jeh Asato
      Responder Jeh Asato 22 de janeiro de 2016 at 01:39

      Hahaha, se fosse só o layout estava certo eu acabei mudando é de tema base mesmo! E descobri que era isso que estava me incomodando, sabe? Já estava familiarizada com tudo e mesmo querendo fazer mudanças drásticas eu não conhecia. Então peguei um tema bem diferente do meu e fiz alguns ajustes. Agora tô um pouco sossegada., hahah!

      Eu espero, MUITO, que esses livros pelo menos me deixem mais aliviada por ter medo de criar um filho nesse mundo tão louco! Deus me ajude!
      Beijos, Jé! <3

    Deixe seu comentário